outubro 4, 2015

108° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “A TEMPESTADE E O MOMENTO PRESENTE”

Eu lembro como se fosse hoje o dia em que o Henrique me ligou dizendo que o bar tinha cancelado uma das gigs permanentes dele. Naquela época, foi apenas um susto, porque na verdade o que aconteceu foi apenas que ele deixou de tocar às quartas-feiras, mas voltou a tocar aos sábados, então não afetou em nada nosso orçamento. No entanto, aquele foi o primeiro sinal de que as coisas