167° DIA: UM MUNDO DE POSSIBILIDADES – SABEDORIA JOUT JOUT

JOUT JOUT - CRISE DOS 30

Não sei se vocês amam a Jout Jout tanto quanto eu, mas sei que gostam quando eu falo dela aqui no Crise dos 30 (o Google Analytics me conta T-U-D-O!!!). Mas eu não vou compartilhar um vídeo dela aqui pela terceira vez porque quero ibope. Não, não. Eu vou fazer isso porque o vídeo que eu assisti hoje ela fez pra mim.

Sim, eu tenho a nítida sensação de que ela estava aqui, do meu lado, como uma mosquinha, acompanhando o meu dia-a-dia durante quase todo o esse ano de 2015. Aí chegou agora no final do ano, ela resolveu juntar tudo o que ela viu e colocar num vídeo de 5 minutos, do tipo: “Carol, esse é pra você! Vamos ver se você aproveita a empolgação do final do ano pra parar de procrastinar e fazer de 2016 um ano diferente!”

BicicletaNão que eu não tenha feito nada em 2015. Muito pelo contrário! Quando paro pra pensar na quantidade de coisas que aconteceu, nem eu acredito no quanto eu já caminhei nessa jornada que eu me propus a trilhar, especialmente nos últimos 7 meses. No entanto, são tantas, mas tantas as coisas que eu prometi fazer, ensaiei fazer, e até comecei a fazer, mas parei… Eu prometi cuidar do meu corpo, da minha saúde física, mas não fiz nem metade do que poderia ter feito. Não evolui na yoga, não continuei o pilates, não comecei a Zumba, nem tentei começar a correr. Putz, eu quase não andei de bicicleta, algo que amo fazer!

Eu evolui pra caramba no lado profissional, emocional e no autoconhecimento, me dediquei como nunca a esses aspectos da minha vida, mas eu sei que eu poderia ter feito mais. Eu poderia estar correndo uma meia maratona agora se eu quisesse. Eu poderia ter eliminado por completo minhas dores nas costas. Eu poderia ter um corpo muito mais flexível. Eu poderia ter eliminado peso, e não adquirido mais. Eu poderia estar me alimentando melhor. Mas eu não fiz nada disso. E o tempo passou do mesmo jeito.

Esse vídeo foi pra mim. Me fez começar a pensar hoje:

A que eu vou me dedicar em 2016?

Existe um mundo de possibilidades, e não é lá fora, não! É aqui dentro, dentro de mim. Possibilidades que não dependem de nada externo para se tornarem realidade. Caramba, isso é que é poder!

Espero que curtam o vídeo. Reflexão de ano novo no jeito Jout Jout de ser (que eu adoro! Aliás, autenticidade me cativa de um jeito…).

Boa noite pra todo mundo!

Love,

Carol

 

Carol Sales

Paulista que antes residia em Auckland (agora em período de transição), gosta de sol e mar, de chuva e aconchego, de frio e cobertor. Hoje. Talvez amanhã não goste mais.
Acredita que nada acontece por acaso e que a vida dá seu jeito, e vive numa eterna batalha entre ir pra academia, ler, escrever ou ficar de bobeira pesquisando sonhos na internet - sonhos esses que 99.9% das vezes tem a ver com definir o próximo destino.