outubro 2016

Intercâmbio aos 30 – será que rola???

Sonhos de adolescência: Ser popular na escola; Namorar aquele menino super gato que parece nem olhar pra você ou notar que você existe; Ser a escolhida de um dos caras daquela boy band maravilhosa, que um dia vai pro Brasil, vai te conhecer, vai morrer de amores por você, te levar pros EUA, casar, ter muitos filhinhos e vocês serão felizes pra sempre; Ter o cabelo lindo e brilhoso igual

6 coisas que aprendi viajando por 6 continentes

Quem me conhece pelo menos um pouquinho, seja pessoalmente ou aqui mesmo pelo blog, sabe que uma das maiores prioridades que tenho na vida é siricutiar por aí. Seja com uma mochila nas costas ou com uma surrada mala de rodinhas, meu grande prazer é dar umas voltinhas mundo afora; tanto que, atualmente, quando me perguntam o que eu faço da vida, tenho começado a responder: “Eu trabalho pra juntar

Verão Nova Zelândia Cathedral Cove

Após mais de quatro anos vivendo em Auckland, na Nova Zelândia, posso dizer, sem a menor sombra de dúvidas, que o verão é a melhor época do ano para se estar aqui! Que o país é absolutamente maravilhoso, com belezas naturais de cair o queixo e com paisagens que vão desde lagos coloridos até picos nevados, todo mundo já sabe. Mas quando se fala em Nova Zelândia, a primeira imagem

Promessas de fim de ano – Será que eu cumpri alguma?

Gente, faltam 66 dias pra 2016 acabar! Sabe o quanto é isso? São apenas 9 segundas-feiras. NOVE!!! Alô, alô, 2016! Onde você foi parar? Parece que foi ontem que voltei do Brasil empurrando minha malinha e sem ideia nenhuma do que seria do meu ano. Estava cheia de dúvidas, incertezas, e super insegura do que seria principalmente da minha vida profissional (se você acompanhou o Crise dos 30 e o

Você vive na terra do 'E se...'?

Hoje é dia 15 de outubro de 2016. Tenho 31 anos, 6 meses e 25 dias. Cheguei nos 30 já tendo realizado muito mais do que poderia imaginar aos 25, e muito menos do que achava que certamente já teria realizado quando eu tinha 15 (e me projetava como uma mulher de 30 independente, viajada, casada, com filhos, financeiramente resolvida e com uma carreira estabelecida). Ah, aquela pressão de chegar