Atitude

130° DIA: MEU PRIMEIRO ASSÉDIO

“Eu tinha uns 15 anos de idade. Lembro disso porque sei que morava no Irajá, um bairro em São Bernardo do Campo, e estava dentro do ônibus, num final de tarde, voltando pra casa. O ônibus estava lotado, no maior estilo lata de sardinha mesmo, sem espaço pra dar um passo. Tinha um cara do meu lado. Naquele aperto dentro do ônibus, eu nem desconfiei quando ele virou de frente

128° DIA: TIRE O PESO DA DECISÃO DAS COSTAS

O post de hoje é bem rapidinho, afinal de contas, já é quase meia-noite e amanhã meu dia será cheio, então não quero correr o risco de dormir muito tarde e atrapalhar toda a programação que preparei (às vezes me acho meio ET quando me percebo tão empolgada pra uma segunda-feira que será basicamente recheada de horas e mais horas de estudo e formação… Meu lado CDF com certeza ainda

104° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “UM BLOG, VÁRIOS TEXTOS E MUITO, MAS MUITO MEDO”

Ter colocado o Crise dos 30 no ar foi a melhor coisa que eu poderia ter feito, em vários aspectos da minha vida. Foi incrível como eu, a maior topeira do mundo com relação à tecnologia e modernidades (pra você ter uma ideia, eu não sei usar Whatsapp direito, não sei colocar o meu e-mail novo no iPhone e não faço ideia de como funciona o tal Netflix – sim,

99° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “A CHEGADA DOS 30"

Que incrível é a sensação de fazer novas descobertas sobre si mesmo! Acho que, na minha escala particular de empolgação, ela está lado a lado com a alegria que sinto ao visitar um país ou uma cidade na qual nunca estive antes. Eu tinha acabado de fazer 30 anos e, até aquele dia, entrar na casa dos 3.0 era algo com o qual eu não lidava muito bem. Eu sempre

98° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “ENCONTRANDO A RESPOSTA EM UM LIVRO”

Os dias que se seguiram foram ainda piores do que os anteriores. Eu me sentia totalmente sem saída, numa tremenda enrascada. Já não sabia mais o que eu estava fazendo, e nem mesmo o porquê. Só sabia que meu corpo estava pagando o pato, e minha depressão estava se aproveitando da fragilidade da situação para tomar conta do pedaço. Se tem uma coisa que eu sempre amei fazer é ler.

96° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “PARALISADA PELO MEDO DE PEDIR DEMISSÃO”

Eita, vocês não vão acreditar o que eu fiz!!! Contei a história na ordem errada!!! rsrsrs O post de hoje do Relatos de Uma Inquieta tinha que ter sido escrito entre esse aqui e esse aqui. A questão é que antes de eu me descobrir coach, eu fiz uma coisa que é bastante importante de ser citada nessa narrativa toda: eu pedi demissão. Duas vezes. Do mesmo emprego. Eu estava

95° DIA: 5 VERDADES QUE NINGUÉM TE CONTOU SOBRE LARGAR TUDO PARA FAZER O QUE AMA

Quando a gente vê a história de alguém que resolveu apostar no largar tudo para fazer o que ama, o primeiro e quase inevitável sentimento que aparece é o da inveja. Sim, aquela invejinha branda no maior estilo “Putz, que sortudo! Eu também queria fazer o mesmo, mas não posso por causa de _____________ (complete aqui com sua desculpa preferida)”. Pra quem tá sonhando com o dia em que vai

61° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “E EU FUI PARAR NA NOVA ZELÂNDIA”

Não é fácil lidar com uma mudança forçada de planos. De uma hora pra outra, eu deixei de ser alguém que tinha três opções nas mãos e passei a ser, literalmente da noite pro dia, alguém que não tinha nenhuma. Eu simplesmente não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo comigo e perdi um tempo precioso discutindo com Deus e todas as forças do universo: eu não aceitava essa mudança de

58° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “THIS TIME FOR AFRICA!”

Sábado, 30 de outubro de 2010, 2 horas da manhã: essa era a data e a hora do meu embarque. Trabalhei na sexta-feira normalmente, cheguei em casa já era noite e tive tempo apenas de tomar um banho, comer alguma coisa e terminar de fechar as malas. Era véspera de feriado prolongado e, nesses casos, você nunca sabe como estará o trânsito em São Paulo: eu poderia levar 1h30 ou