Crenças Limitantes

Sobre começar de novo (ou... sobre o padrão da fuga)

Hoje estava lendo um post da Flávia Melissa em que ela dizia, entre outras coisas, que “Você pode respirar fundo e tentar de novo”. Por algum motivo isso bateu fundo e me fez parar pra pensar. Nem lembro do assunto principal do texto, essa foi a única frase que ficou martelando na minha cabeça. Foi como se eu estivesse obtendo permissão ou sendo absolvida por terceiros por todas as vezes

Sobre a necessidade - ou não – de se encaixar

Depois que publiquei o post sobre não se encaixar, recebi alguns comentários via Facebook, mensagens privadas e e-mail, de pessoas me dizendo o quanto gostaram do texto, que compartilham da mesma opinião ou que vivem algo parecido. E muita gente dizendo tudo isso, mas também questionando a real necessidade de se encaixar, dizendo que não devemos nos encaixar em nada, que temos é que cada vez mais buscar sermos nós

Sobre não se encaixar

Eu sempre fui muito conversadeira. Na adolescência tinha grupos de amigos com os quais tinha muito em comum, e passar horas batendo papo e jogando conversa fora nunca foi um problema: faltava tempo e sobrava assunto. Era uma época em que eu, sem dúvida, sentia que me encaixava. Eu pensava como as pessoas que me rodiavam, e as pessoas que me rodiavam pensavam como eu. Sei que estou longe de ser

Intercâmbio aos 30 – será que rola???

Sonhos de adolescência: Ser popular na escola; Namorar aquele menino super gato que parece nem olhar pra você ou notar que você existe; Ser a escolhida de um dos caras daquela boy band maravilhosa, que um dia vai pro Brasil, vai te conhecer, vai morrer de amores por você, te levar pros EUA, casar, ter muitos filhinhos e vocês serão felizes pra sempre; Ter o cabelo lindo e brilhoso igual

Você vive na terra do 'E se...'?

Hoje é dia 15 de outubro de 2016. Tenho 31 anos, 6 meses e 25 dias. Cheguei nos 30 já tendo realizado muito mais do que poderia imaginar aos 25, e muito menos do que achava que certamente já teria realizado quando eu tinha 15 (e me projetava como uma mulher de 30 independente, viajada, casada, com filhos, financeiramente resolvida e com uma carreira estabelecida). Ah, aquela pressão de chegar

236° DIA (QUE ERA PRA SER O 222°): O DESAFIO CHEGA AO FIM...

Não me pergunte o motivo de eu ter relutado tanto em escrever esse post. Minha consciência não saberia responder… Tá certo que desde que cheguei em Auckland, há exatos 16 dias, a correria foi insana e eu realmente não tive muito tempo ou cuca fresca pra escrever tudo o que eu queria, do jeito que eu queria. Acontece que, a essa altura do campeonato, eu não tenho mais coragem de

172° DIA: CRISE? EU?

Por muito tempo eu hesitei em batizar esse blog de Crise dos 30. Embora eu tenha adorado o nome desde que ele surgiu pela primeira vez em minha mente, eu sabia que ele traria em si o potencial de ser encarado, já na largada, com um certo preconceito, ou uma reação do tipo: “Crise? Ai , que demodê… Tô em crise, nada!” Uma grande parte das pessoas com quem converso

157° DIA: O DIA QUE RESOLVI LARGAR TUDO PARA (NÃO) VIAJAR

“Viajar não é solução, é ferramenta. E ferramenta, cada um decide qual será a sua.” Já tô eu aqui de novo trazendo a tona o assunto do largar tudo pra viajar. Eu já fiz isso nesse post aqui e também já contei nesse episódio do Relatos de Uma Inquieta como teve uma fase bem recente da minha vida em que era exatamente isso que eu queria fazer, quando por alguns

153° DIA: HOJE EU SÓ QUERO TE AGRADECER

E eu tentei fazer isso agora a pouco através da minha primeira transmissão no Periscope. Tecnicamente foi a segunda, já que a primeira foi em São Francisco mas a internet estava tão ruim que nem consegui falar nada, só ficou filmando o quarto no hostel em que eu estava. OBS: não faz ideia do que eu tô falando? Não sabe o que é Periscope? Dá uma olhadinha AQUI pra não

147° DIA: A TAL LEI DA ATRAÇÃO

E esse é o post que encerra uma sequência de quatro posts onde compartilhei, em mais detalhes, os insights mais poderosos que tive durante a Lifestyle Academy, um dos maiores eventos de desenvolvimento pessoal do Brasil, que aconteceu no Rio de Janeiro entre os dias 6 e 8 de novembro de 2015. Como já contei nesse post aqui, no segundo dia do evento tivemos a honra de ouvir a Rha Goddess,