Depressão

99° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “A CHEGADA DOS 30"

Que incrível é a sensação de fazer novas descobertas sobre si mesmo! Acho que, na minha escala particular de empolgação, ela está lado a lado com a alegria que sinto ao visitar um país ou uma cidade na qual nunca estive antes. Eu tinha acabado de fazer 30 anos e, até aquele dia, entrar na casa dos 3.0 era algo com o qual eu não lidava muito bem. Eu sempre

97° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “VOLTANDO ATRÁS”

A notícia da minha demissão caiu como uma bomba na empresa. Como todo pequeno negócio, a empresa que eu trabalhava dependia enormemente de cada um dos funcionários. Cada um tinha uma função importante e muito bem estabelecida, e eu, sendo a gerente, claro que não ficava fora dessa. Foram várias as propostas que eles me fizeram para que eu ficasse, mas eu fui firme e resisti a todas elas. Até

96° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “PARALISADA PELO MEDO DE PEDIR DEMISSÃO”

Eita, vocês não vão acreditar o que eu fiz!!! Contei a história na ordem errada!!! rsrsrs O post de hoje do Relatos de Uma Inquieta tinha que ter sido escrito entre esse aqui e esse aqui. A questão é que antes de eu me descobrir coach, eu fiz uma coisa que é bastante importante de ser citada nessa narrativa toda: eu pedi demissão. Duas vezes. Do mesmo emprego. Eu estava

91° DIA: DIAS TRISTES

Que a tristeza tenha algum sentido Que o desânimo seja força que leve a algum lugar Que toda a falta de esperança dos dias ruins se transforme em energia   Energia para não desanimar Energia para ousar acreditar em dias melhores Energia para continuar sonhando o sonho tolo, que revigora   Revigora a vontade de fazer diferente Revigora a necessidade de mudança, de transformação, de ação Revigora a vontade de,

84° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “E CADÊ A CORAGEM DE LARGAR O EMPREGO?"

A família foi embora e as semanas que se seguiram foram das mais angustiantes possíveis. Durante a estadia deles aqui eu coloquei o programa de coaching em stand by, pois não tinha condição nenhuma de me dedicar a isso em meio a uma programação intensa de final de ano – programação essa da qual tenho muito orgulho, inclusive! Graças aos meus conhecimentos sobre os destinos turísticos do país e a

81° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “PROGRAMA ESCOLHA SUA VIDA: UMA LUZ (AINDA QUE BEM FRAQUINHA) NO FIM DO TÚNEL”

Foi em novembro de 2014 que eu comecei a fazer o Programa Escolha Sua Vida (ou PESV), aquele programa de coaching do qual falei aqui. Posso dizer que essa foi a fase em que eu estava no pico (ou melhor, no fundo) da minha depressão. Importante dizer que, no meu caso, não era uma depressão clínica, mas sim o que eles chamam aqui de ‘depressão situacional’, ou seja, desencadeada por

77° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA - “É DEPRESSÃO?”

Eu passei pelo menos três meses tentando, sozinha, me conhecer melhor. Foi nessa época que eu comecei a ler sites sobre desenvolvimento pessoal e, através do site Nômades Digitais, conheci o trabalho da Alana Trauczynski, da Juliana Garcia, do Bruno e da Larissa com o projeto Moporã e da Paula Abreu. Eu passei a ler ainda mais do que já leio normalmente, e a internet é uma mãe nessas horas: