Desafios

180° DIA: VOCÊ SABIA QUE EU SOU INSEGURA?

Já perdi as contas de quantas pessoas me disseram (ou ainda me dizem) frases do tipo: “Tudo o que você quer, você consegue” ou “Eu queria ter a mesma coragem e determinação que você” ou “Admiro sua autoconfiança e vontade de correr atrás dos seus sonhos, de fazer acontecer”. E eu não ouço isso apenas de amigos e família, não. De junho pra cá, tenho ouvido também dos leitores aqui

179° DIA: COMO VIVER APAIXONADAMENTE

Como você pode perceber (ou não) são dez pra meia-noite e eu ainda não publiquei o texto do Crise dos 30 de hoje. Tô aqui na frente do meu computador, recém finalizei minha última sessão de coaching do dia, e estou aqui fazendo todo o trabalho pós-sessão (que me toma praticamente o mesmo tempo de uma sessão inteira) sentadinha na minha cama, com o laptop no colo. Sendo assim, não vou

178° DIA: UM OUTRO OLHAR SOBRE NOMADISMO DIGITAL

Cheguei do Rio Grande do Sul hoje, depois de 10 dias visitando a família do meu namorado. (Plim plim aqui, porque, ao que tudo indica, já recebemos um upgrade geral: depois do pastor da igreja onde nasci e fui criada ter usado o termo “seu marido” de cima do púlpito para se referir ao Henrique, ele mesmo já começou a me apresentar pras pessoas como “minha esposa”… rsrs) Tirando alguns

177º DIA: DETERMINAÇÃO OU TEIMOSIA?

“Você pode ver que em todas as jornadas dos heróis (em filmes, contos, romances…) existe uma decisão, um caminho difícil, várias emboscadas, muito medo, em vários momentos vontade de desistir. Os problemas não param de chegar, e aquela primeira decisão já começa a parecer uma tremenda burrice. Noventa e nove por cento das pessoas desistem aí. Mas, para aquelas que persistem, o caminho começa a se abrir rapidamente e a

174° DIA: QUE HISTÓRIAS VOCÊ QUER CONTAR?

Hoje é dia 10 de dezembro. Faltam exatas 3 semanas para o final do ano. 21 dias. Apenas mais 21 dias e 2015 terá ficado pra trás, terá virado história. Nessa época do ano, a maioria de nós fica pensativo, relembrando as conquistas e dificuldades dos últimos 12 meses, reconsiderando tudo. Imagino que esse período já tenha chegado pra você, assim como já chegou pra mim. Então quero te fazer

173° DIA: ALGUMA COISA REALMENTE TÁ MUDANDO...

Sabe aquele dia em que tudo, absolutamente tudo, dá errado? Você tem mil coisas pra fazer e depende de computador e internet, aí a luz acaba. Você tem cliente pra atender, e tem que desmarcar por causa disso. Aí a luz volta. Você remarca. Aí você senta pra escrever esse post, a luz começa a piscar de novo, te dando indícios de que ainda existem chances de você ser forçada

170° DIA: VIAJAR TRABALHANDO - SERÁ QUE ROLA?

Aaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhh!! Não tô curtindo essa história de ficar escrevendo aqui pro Crise dos 30 dia sim, dia não… dia não, outro também não… Caracas! Tô relaxada! Desse jeito o Desafio dos 222 Dias vai acabar se tornando o Desafio dos 189 dias e meio… Mas olha, vou te dizer a verdade: tá meio complicado de me adaptar a essa nova rotina. A cada dia que passa eu tenho uma impressão

168° DIA: VIVENDO A EXPERIÊNCIA DE SER NÔMADE DIGITAL

Quem me acompanha aqui no Crise dos 30 há algum tempo já deve ter me ouvido dizer que essa vida de nômade digital não é exatamente o que eu quero pra mim. Não tenho esse sonho de colocar o computador embaixo do braço e sair por aí, pipocando de cidade em cidade, país em país, sem paradeiro nem residência fixa. Claro que essa é imagem mais generalista que a gente faz

167° DIA: UM MUNDO DE POSSIBILIDADES - SABEDORIA JOUT JOUT

Não sei se vocês amam a Jout Jout tanto quanto eu, mas sei que gostam quando eu falo dela aqui no Crise dos 30 (o Google Analytics me conta T-U-D-O!!!). Mas eu não vou compartilhar um vídeo dela aqui pela terceira vez porque quero ibope. Não, não. Eu vou fazer isso porque o vídeo que eu assisti hoje ela fez pra mim. Sim, eu tenho a nítida sensação de que

163° DIA: PEQUENAS DECISÕES TAMBÉM PODEM SER ESTRESSANTES

Como vocês podem perceber, fiquei dois dias sem escrever. Eu já sabia que isso iria cedo ou tarde acontecer, principalmente agora que resolvi, de certa forma, abraçar o mundo: eu estou, literalmente, com a agenda lotada – tanto profissionalmente quanto pessoalmente. O Henrique está aqui em São Paulo pra passar dez dias, todos os meus amigos e familiares querem vê-lo, então temos programações manhã, tarde e noite. Tive uma semana