Foco

O que fazer pra se destacar e ser alguém bem acima da média? (APENAS UMA COISA!)

Hoje estou iniciando minha terceira semana de volta ao Brasil. Durante as primeiras duas, decidi não fazer nada. Passei a maior parte do tempo com minha família, curtindo a criançada, lendo, pesquisando coisas pelas quais me interesso ou estou começando a me interessar. De boa, na paz, sem pressa. Fiz isso na verdade seguindo o conselho do Henrique, porque eu sou uma pessoa que tenho muitos problemas (ainda) pra lidar

6 Anos de Vida na Nova Zelândia: o que está errado

Essa semana fez 6 anos desde que vim morar aqui. Seis anos de vida na Nova Zelândia! Caraca, nem dá pra acreditar… Às vezes parece que faz mais, às vezes parece que foi ontem… Fiquei meio nostálgica e comecei, lá na página do Crise dos 30 no Facebook, uma série de postagens para relembrar todo esse tempo que tenho vivido aqui: uma foto por dia, por seis semanas, em homenagem

Promessas de fim de ano – Será que eu cumpri alguma?

Gente, faltam 66 dias pra 2016 acabar! Sabe o quanto é isso? São apenas 9 segundas-feiras. NOVE!!! Alô, alô, 2016! Onde você foi parar? Parece que foi ontem que voltei do Brasil empurrando minha malinha e sem ideia nenhuma do que seria do meu ano. Estava cheia de dúvidas, incertezas, e super insegura do que seria principalmente da minha vida profissional (se você acompanhou o Crise dos 30 e o

236° DIA (QUE ERA PRA SER O 222°): O DESAFIO CHEGA AO FIM...

Não me pergunte o motivo de eu ter relutado tanto em escrever esse post. Minha consciência não saberia responder… Tá certo que desde que cheguei em Auckland, há exatos 16 dias, a correria foi insana e eu realmente não tive muito tempo ou cuca fresca pra escrever tudo o que eu queria, do jeito que eu queria. Acontece que, a essa altura do campeonato, eu não tenho mais coragem de

207° DIA: COMO SABER O QUE VAI ACONTECER EM 2016?

FELIZ 2016 PRA TODO MUNDO!!!!!!!!!!!!!! Tô de volta e, junto comigo, o Crise dos 30 também! Voltamos com força e pique total e estamos entrando com o pé direito em 2016! Espero, de coração, que você também esteja se sentindo assim: com planos e sonhos fresquinhos, prontos para serem realizados nesse novo ano que, sendo uma convenção inventada pelos homens ou não, sempre traz consigo a esperança e a motivação

190° DIA: MINHA LISTA DE GRATIDÃO 2015

Dois dias atrás eu te sugeri que fizesse uma lista com ao menos 20 coisas pelas quais você pode agradecer em 2015, lembra? E aí, já fez? Hahaha brincadeirinha… Ser pressionado até pela blogueira que você acompanha, aí já é demais, né? Só sei que seria muita hipocrisia se eu sugerisse algo que eu mesma não fizesse, então vim aqui te dizer que eu tenho a minha lista da gratidão feitinha,

185° DIA: CAINDO DE NOVO NA ARMADILHA DE ODIAR AS SEGUNDAS-FEIRAS

Eu sei, eu sei… Fiquei o final de semana todo sem dar as caras por aqui. Sumir não era a intenção, mas passei os últimos dois dias me dedicando às crianças que vieram dormir em casa (elas dormiram, eu não! rsrs), aos almoços em família, aos encontros com os amigos. Depois de uma nova crise alérgica e do remedinho matador (aquele que me faz desmaiar por umas 12 horas seguidas),

174° DIA: QUE HISTÓRIAS VOCÊ QUER CONTAR?

Hoje é dia 10 de dezembro. Faltam exatas 3 semanas para o final do ano. 21 dias. Apenas mais 21 dias e 2015 terá ficado pra trás, terá virado história. Nessa época do ano, a maioria de nós fica pensativo, relembrando as conquistas e dificuldades dos últimos 12 meses, reconsiderando tudo. Imagino que esse período já tenha chegado pra você, assim como já chegou pra mim. Então quero te fazer

167° DIA: UM MUNDO DE POSSIBILIDADES - SABEDORIA JOUT JOUT

Não sei se vocês amam a Jout Jout tanto quanto eu, mas sei que gostam quando eu falo dela aqui no Crise dos 30 (o Google Analytics me conta T-U-D-O!!!). Mas eu não vou compartilhar um vídeo dela aqui pela terceira vez porque quero ibope. Não, não. Eu vou fazer isso porque o vídeo que eu assisti hoje ela fez pra mim. Sim, eu tenho a nítida sensação de que

150° DIA: O DIA QUE EU PAREI DE ASSISTIR TV – PARTE II

(A primeira parte desse texto foi publicada no 138° dia do Desafios dos 222 Dias. Para ler, clique aqui) A resposta veio quando eu comecei, ainda que de forma totalmente leiga (não que isso tenha mudado muito hoje em dia) a entender o conceito do Mindset Wheel – ou Roda das Mentalidades -, sobre a qual escrevi aqui e sugiro imensamente que você leia. Através desse conceito, que naquela época eu