Talentos

236° DIA (QUE ERA PRA SER O 222°): O DESAFIO CHEGA AO FIM...

Não me pergunte o motivo de eu ter relutado tanto em escrever esse post. Minha consciência não saberia responder… Tá certo que desde que cheguei em Auckland, há exatos 16 dias, a correria foi insana e eu realmente não tive muito tempo ou cuca fresca pra escrever tudo o que eu queria, do jeito que eu queria. Acontece que, a essa altura do campeonato, eu não tenho mais coragem de

92° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “(RE)DESCOBRINDO NOVAS PAIXÕES”

Essa coisa do “faça o que você ama” pode mesmo ser muito ingrata. É engraçado como, naquela época, eu olhava para o Henrique e pensava: “Tão mais fácil ser alguém assim, com uma paixão tão bem definida. Ele é e sempre foi músico, é isso o que quer fazer da vida e pronto – se não for música, nada mais faz sentido”. Pra mim as coisas não são assim. Eu

90° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA – “PEDIR DEMISSÃO PRA FAZER O QUÊ?”

Àquela altura do campeonato eu já sabia duas coisas essenciais: Eu precisava criar um estilo de vida onde eu pudesse estar mais próxima da minha família, sem que isso necessariamente significasse voltar à São Paulo e encarar uma rotina que eu sabia que não queria mais; Eu jamais poderia fazer isso se continuasse no emprego que eu tinha. Eu amo trabalhar com Turismo, mas a verdade é que esse é

83° DIA: JÁ TÔ ME SENTINDO COACH

Que sentimento bom que é fazer algo que a gente acredita! Hoje, pela primeira vez na vida, apliquei uma ferramenta de coaching. Em meio a tantas coisas que aconteceram ultimamente, toda minha programação de estudo ficou atrasada, e agora eu estou correndo contra o tempo para terminar a segunda etapa da minha formação em life coaching antes de viajar, o que significa que durante todo o mês de setembro eu

82° DIA: COMO EU DESCOBRI MEUS MAIORES TALENTOS

Faz algumas semanas ouvi da minha nova coach*, após alguns minutos de conversa em nossa sessão semanal via Skype, que eu era uma planejadora e organizadora por natureza – o que, pra mim, soou como um baita elogio. Como alguém que me conhecia há tão pouco tempo já tinha identificado duas das minhas principais características após poucas horas de bate-papo? Esse episódio me fez perceber duas coisas:      

44° DIA: FEITO É MELHOR QUE PERFEITO

Desde de novembro de 2014, quando descobri o universo do desenvolvimento pessoal e comecei a fazer meu primeiro programa de coaching, essa frase tem sido umas das que eu mais ouço no meu dia-a-dia. Todo mundo fala a mesma coisa: feito é melhor que perfeito, na tentativa de incentivar as pessoas a colocar suas ideias em prática antes que todos os detalhes estejam definidos. Primeiro faça, depois vá aperfeiçoando pelo

25° DIA: RELATOS DE UMA INQUIETA - "O INÍCIO"

Eu sou uma pessoa normal. Tão normal quanto você. Passei 26 dos meus 30 anos de vida em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, onde vivi toda minha infância e adolescência e fiz algumas das minhas maiores amizades: amizades essas que resistem, até hoje, ao tempo e à distância. Até onde me lembro, eu fui uma criança tranquila, nunca fui de dar muito trabalho pros meus

5º DIA: O “QUERO MUDAR DE VIDA” PRA QUEM AINDA NÃO SABE O QUE QUER DA VIDA

Eu sou fascinada por histórias de pessoas que mudaram completamente suas vidas. Sabe aquelas reportagens sobre engenheiro que virou cozinheiro, publicitário que virou empreendedor social e CEO de multinacional que largou o mundo corporativo e virou adestrador de cães? É desse tipo de história que eu tô falando! Eu acho o máximo que pessoas (muitas delas super bem sucedidas em seus trabalhos anteriores) provem através do próprio exemplo que nunca